reCAPTCHA: Mais que uma ferramenta um projeto mal compreendido!

Postado em: 03/01/2014 | Postado por: Rafael Nascimento Sampaio
Arquivado sobre as categorias: Ferramentas, Javascript, PHP

reCAPTCHA, embora esta palavra seja estranha você provavelmente já foi vítima deste sistema. O reCAPTCHA é uma alternativa pronta para captcha que por sua vez são aqueles testes nos quais você deve provar aos sites que é um humano copiando palavras estranhas em um formulário, isto é o captcha e este é o reCAPTCHA.

reCAPTCHA

O sistema de captchas foi inicialmente pensado para evitar que determinados usuários de serviço pudessem programar seus computadores para promover abusos em sistemas informatizados que exigissem inputs humanos, em português pleno, foi feito para evitar que máquinas acessem áreas destinadas a Humanos, entre as formas de captcha conhecidas hoje temos:

  • Resolução de formulas
    Este exige que você seja capaz de realizar contas matemáticas e informe o resultado, inicialmente desenhado para evitar que máquinas entrassem uma vez que as máquinas ao invés de executar a conta iriam simplesmente copia-las como nos captchas normais.
  • Faça o que eu digo
    Este é menos comum, mas segue o mesmo principio do anterior, ele passa uma ordem e espera que você como humano entenda e insira o input correto, ordens normalmente como escrever a terceira letra da segunda palavra, ou escrever a palavra de um grupo de palavras que não é um animal ou objeto por exemplo.
  • Captchas de palavras
    O reCAPTCHA entra neste grupo, onde são apresentadas palavras distorcidas aos usuários e espera-se que eles preencham as palavras para serem aceitos. Neste caso as palavras distorcidas não podem ser facilmente decodificadas pelos sistemas de reconhecimento de caracteres, (e sim eles existem e não são mais uma tecnologia limitada a poucos, se você tem um scanner ou uma multifuncional você provavelmente já tem acesso a esta tecnologia), uma vez que na maior parte das vezes o computador vai identificar os caracteres de forma errada.

Os sistemas de captcha com exceção do de resolução de formulas (uma vez que elas podem ser geradas aleatoriamente) são muito difíceis de gerar uma vez que exigem um algoritmo mais complexo ou uma grande biblioteca para consulta e foi com isso que o reCAPTCHA ganhou seu mercado e se tornou uma das opções anti-spam mais usadas do mercado.

O reCAPTCHA oferece gratuitamente uma enorme biblioteca que permite você proteger seus sites e formulários de abusos, mas o que ele ganha em troca? No mundo onde quase todas as bibliotecas são gratuitas quase nunca nos perguntamos sobre o que eles querem, apenas aceitamos que é de graça e usamos, mas ai onde eu digo que o reCAPTCHA é incompreendido.

O que o reCAPTCHA ganha em troca de todo o “Bem“ que ele faz?

O reCAPTCHA na realidade é um projeto que transcreve livros. Como assim Rafael, como o reCAPTCHA transcreve livros você se pergunta, uma vez que você usa ele para evitar spammers.

Então, ele emprega o que chamamos de força de trabalho colaborativa, as instituições por trás do reCAPTCHA passam muito tempo usando softwares de reconhecimento de caracteres (OCR) para traduzir obras escaneadas que foram escritas antes do tempo dos Ebooks, contudo como vimos acima o principio numero um do reCAPTCHA é que os OCR não conseguem realizar o reconhecimento perfeito de todos os caracteres, então é ai que você entra.

O reCAPTCHA trabalha de uma forma que ele sempre exibe duas palavras, a ideia por trás disso não é apenas aumentar a dificuldade, mas sim prover uma forma de validação.

Uma das palavras exibidas o reCAPTCHA sabe o que é a outra não, ele exibe esta outra para várias pessoas, sempre que alguém acerta a palavra conhecida ele conta um voto para o que foi escrito na palavra que ele não conhece, usando estes votos de várias pessoas (ou seja indo pela escolha da maioria) ele consegue descobrir qual é a palavra que ele não conhecia, e assim ele passa a oferecer esta palavra que ele acabou de descobrir com outra que ele não conhece, e dessa forma ele faz você e seus usuários traduzirem palavras que os sistemas deles não conseguiram traduzir.

Resumindo, o pagamento do reCAPTCHA é a mão de obra de todos os seus usuários, contudo isso não é ruim, e contribui para democratizar o conhecimento disponibilizando livros que antes só existiam em forma física em formato digital.

Mais informações sobre este assunto podem ser encontradas na Página de ajuda do reCAPTCHA.

Então

Se você tem um site e deseja contribuir para uma causa “boa” insira o reCAPTCHA em seu site hoje, e ajude a digitalizar os livros.

Compartilhe este post usando o link

https://rafaelns.com.br/recaptcha-mais-que-uma-ferramenta-um-projeto-mal-compreendido/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *