Empresas de venda de domínios e meu bebe.

Postado em: 25/05/2016 | Postado por: Rafael Nascimento Sampaio
Arquivado sobre as categorias: Negócios, Vida

Em 2015 fez 6 anos que eu era um feliz proprietário de um domínio .com, comprado em 2009 e renovado até 2015 eu fui o proprietário do domínio rafaelns.com, mas vamos ao que aconteceu.

A história.

Eu comprei o domínio em 2009 pela UOLHost que na época oferecia os melhores preços para domínios “.com” no Brasil (antes da GoDaddy chegar as terras tupiniquins), na época fui obrigado a fazer uma conta na UOLHost (até ai tudo bem) que incluía a criação de um email da UOL, e embora eu tivesse criado este email até o ano de 2015 toda a correspondência referente ao domínio, como avisos de renovação e de vencimento.

Captura de Tela 2015-05-03 às 16.26.42

No fatídico ano de 2015 no entanto a UOLHost optou por mudar a forma como eles notificavam o vencimento de seus domínios, avisando pelo email criado para a conta da UOLHost, aquele que eu nunca precisei usar além de forma de login para o painel da UOLHost.

Para completar a série de acontecimentos eles mantiveram o domínio funcionando por 30 dias após o prazo de renovação até que o domínio entrou no período de recuperação. E assim que eu descobri que meu domínio estava vencido e precisava ser renovado, contudo ao entrar no prazo de renovação segundo a ICANN a empresa que registra o domínio pode cobrar a taxa que quiser para realizar a recuperação do domínio, a UOL neste caso queria o valor de 342 reais para um domínio “.com” na época (2015) registrado por menos de 30 reais.

Devo dizer que entendo que a culpa foi minha de não ter renovado, mas isso não me deixou menos indignado pela série de acontecimentos que ocorreu.

Nemesis

O curso de ação que tomei neste caso foi aguardar o domínio entrar em fase de liberação, afinal dentro deste domínio eu tinha contas de emails, meu site e diversas vinculações pela Web a esses dois recursos. Eu entrei diariamente até o dia que o domínio fosse liberado para novo registro.

Para esclarecer o processo o registro funciona da seguinte forma.

  1. O cliente registra um domínio.
  2. O domínio dura o período registrado.
  3. O domínio entra na fase de renovação (até 30 dias) podendo ser renovado pelo preço regular.
  4. O domínio entra na fase de recuperação podendo ser recuperado pagando uma taxa ao registar.
  5. O domínio entra na fase de liberação onde ele fica até poder ser registrado novamente.
  6. O domínio fica disponível para registro.

Eu aguardei até a fase 6 desta história, acessando diariamente o WHOIS.net até o dia da liberação, contudo no dia da liberação uma empresa de venda de domínios comprou o domínio rafaelns.com.

Ao tentar entrar em contato com a empresa que agora é dona do domínio pasmem, o domínio está sendo vendido por $250 dólares, neste momento notei que o valor da recuperação não era tão alto, mas agora é tarde.

Seguindo em frente.

A vida segue, eu havia perdido meu bebe, era hora de seguir em frente. Felizmente ninguém era dono do domínio rafaelns.com.br, e este virou meu novo bebe, o site onde vocês estão vendo o meu relato.

Além deste domínio eu ainda possuo outros domínios no UOLHost que mantenho a rédeas mais curtas e outros domínios em outros serviços como o empurradordepixels.com para o qual estou desenvolvendo um projeto mais elaborado de conteúdo e que no momento só possui um modelo da época que registrei.

Compartilhe este post usando o link

https://rafaelns.com.br/empresas-de-venda-de-dominios-e-meu-bebe/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *